Carnaval na Argentina

A palavra “Carnaval” vem do latim “carna vale” que significa dizer adeus à carne, e é uma festa que se originou na Grécia, há mais de 500 anos a.C.

O Carnaval como se conhece hoje, com desfiles de fantasias, foi exportado pela França, na Paris no século XIX (o Mardi Gras). E reza a lenda, que a razão de usar máscaras neste evento é por ser uma celebração em que vale tudo, e assim ninguém vai nos reconhecer.

O Carnaval é muito importante em muitos países com relevância internacional, tais como Alemanha, Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Espanha, Estados Unidos, Itália, México, Panamá, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela, porém, a forma de organização em cada um é diferente. Até mesmo dentro de cada país as características das festas são diferentes e bem definidas, dependendo da região.

Sobre o Carnaval no Brasil, entre samba, axé e frevo, nem preciso comentar, afinal todos conhecem bem as festas, além de termos uma super fama internacional por isso. Quem nunca esteve fora do país e não escutou alguém relacionar Brasil com Carnaval, e que toda brasileira sabe (ou tem que saber) sambar? Sim, sou brasileira, mas nem por isso amo futebol, carnaval ou sei sambar!

Um pouco diferente do Brasil, até 2009, Carnaval não era feriado na Argentina. Além disso, Carnaval como o nosso só em Corrientes, na província de Corrientes (Carnaval em Corrientes) ou em Gualeguaychu, na provínica de Entre Rios (Carnaval em Gualeguaychu), o mais famoso.

Em Buenos Aires a onda é a murga porteña, um ritmo musical e uma manifestação cultural popular, geralmente realizada por um coro acompanhado de música de percussão. A palavra murga é originária da Espanha e o ritmo musical teria surgido em 1906, quando chegou ao Uruguai uma companhia de zarzuela que desfilou pelas ruas de Montevidéu para cantar, dançar e arrecadar dinheiro para suas apresentações. Pela proximidade dos países, Uruguai e Argentina, na mesma época surgiu a murga porteña.

O ritmo é bem característico e é executado basicamente com instrumentos de percussão (bumbo, tambor e pratos), e a vestimenta tem influências do Carnaval de Veneza e da Commedia dell’arte, com figuras como o Momo, o Pierrot e a Colombina.

As murgas de Buenos Aires foram declaradas Patrimônio Cultural da Cidade de Buenos Aires em 1997.

Alguns vídeos para ilustrar melhor!

Este ano vai ter murga em praticamente toda cidade… Neste site aqui, apesar de ter alguns erros com o calendário, dá mais informações sobre os eventos de Carnaval na cidade.

E vocês, onde vão passar o Carnaval?

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Um pouco de tudo e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s