PASSEIO DE FINDE: Colonia del Sacramento, Uruguay

Aproveitando o feriadão de Carnaval, fizemos um passeio que já fazia tempo que eu queria fazer, fomos a Colonia del Sacramento, a cidade mais antiga do Uruguai.

… alguns anos após o Descobrimento do Brasil, a Coroa Portuguesa se interessou em estender as fronteiras de sua colônia americana até o Rio da Prata. Com o apoio dos comerciantes do Rio de Janeiro, D. Manuel Lobo partiu de Santos em uma expedição e, em 1680, estabeleceu a Colônia do Santíssimo Sacramento. As autoridades espanholas responderam imediatamente, e em poucos meses o governador de Buenos Aires, José de Garro, reagiu, e a colônia portuguesa foi conquistada por tropas espanholas e indígenas, no episódio conhecido como Noite Trágica… Para encurtar a história, e não ficar muito monótono, depois de muitas indas e vindas e batalhas entre Portugal e Espanha, finalmente em 1828 o Uruguai se tornou independente do Império do Brasil…

Colônia do Sacramento é hoje um dos destinos turísticos mais importantes do Uruguai. Sua localização é privilegiada para receber turistas, pois está a uma hora de barco de Buenos Aires e a duas horas de carro desde Montevidéu. E o turismo inclui a cidade histórica, museus e praias do Rio da Prata.

Nós fomos de barco pela “Colonia Express” com o pacote 1/2 dia em Colonia do “Colonia por el día”. O passeio incluía as passagens de ida e volta, e um passeio guiado de 1h pelo Centro Histórico de Colônia.

Decidimos fazer o passeio guiado em inglês, pois o grupo era bem menor e assim poderíamos escutar e entender melhor a explicação… O passeio começou pelo Portão de Armas. No século XVIII, os portugueses cercaram a cidade com uma muralha e fosso. A fortaleza tinha uma única entrada, o Portão de Armas, decorado com o brasão português. A muralha foi demolida em meados do século seguinte, com as pedras dos muros sendo usadas para tapar o fosso.

Depois passamos pelas ruelas históricas…

A Rua dos Suspiros (Calle de los Suspiros) é uma rua emblemática do centro histórico, corre paralela à muralha, da Praça Maior em direção ao Rio da Prata. Possui calçamento de pedra e várias casas antigas portuguesas, além de algumas espanholas; as portuguesas se distinguem facilmente por seus telhados a duas ou quatro águas.

A Praça 25 de Maio, também chamada de Praça Maior, era usada para exercícios militares. Ao seu redor se encontram vários edifícios históricos importantes da zona antiga, como a Casa de Nacarello, o Farol, o Arquivo Regional, o Museu Municipal, a Casa de Lavalleja e o Museu Português.

Ruínas do Convento de S. Francisco Xavier e Farol. O convento franciscano, construído entre 1683 e 1704, sofreu um incêndio no final do século XVIII e foi parcialmente destruído. Em 1857, nas ruínas do convento, foi construído um farol que ainda funciona e pode ser visitado pelos turistas, de onde se pode ver toda a paisagem da cidade e do Rio da Prata. (Nós acabamos não subindo…)

A fundação portuguesa no Centro Histórico é reconhecida pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

E deu para ver Buenos Aires bem pequeninho no horizonte do Rio da Prata (clique para ampliar a foto e ver os edifícios de Buenos Aires).

Esse era o nosso grupo da visita guiada…

A atual Basílica del Santíssimo Sacramento é sucessora da primeira igreja construída, que era um casebre construído em 1680. Em cada batalha entre Portugal e Espanha, a igreja era destruída e reconstruída, e por isso tem dois estilos de material na entrada.

Depois tomamos um ônibus até a Plaza de Toros Real de San Carlos. A arena foi inaugurada janeiro de 1910 com os toureiros mais famosos da época, Ricardo Torres (Bombita Grande) e seu irmão Manuel (Bombita Chico) da Espanha. A Plaza de Toros recebeu um total de oito lutas antes da tourada ser proibida pelo governo uruguaio em 1912.

Depois caminhamos até a Playa del Real de San Carlos, bem agradável e super tranquila, pois é praia de rio…

E para terminar, decidimos fazer o trajeto de volta à pé… fomos um pouco pelas praias, e outro pouco pela Rambla de las Américas… uma boa caminhada, mas super agradável (porque o calor já tinha dado um trégua!).

Foi um passeio bem bacana… a única coisa negativa foi o preço das comidas… ultra mega caro! Mas super recomendo a experiência!

Para quem vem a Buenos Aires e quer dar uma esticadinha e fazer um passeio diferente… Estas estão as empresas que fazem o transporte Buenos Aires/Colonia ou Buenos Aires/Montevideo, com várias opções de pacotes turísticos (transporte, passeios guiados, alimentação e hospedagem):
* Colonia Express – www.coloniaexpress.com
* Buquebus – www.buquebus.com
* Seacat Colonia – www.seacatcolonia.com

Até a próxima! 😉

Anúncios
Esse post foi publicado em Passeio de finde e marcado , . Guardar link permanente.

6 respostas para PASSEIO DE FINDE: Colonia del Sacramento, Uruguay

  1. itanedeborba disse:

    A descrição está muito boa.
    Dá vontade de ir hoje mesmo.

  2. Fabiana disse:

    Adorei….. Super dica

  3. Samille disse:

    Olá Luana, estou indo pra BA dia 31 e queria saber se dá pra ir e voltar no mesmo dia.. e quanto fica mais ou menos essa viagem?
    Desde já obrigada! =)
    Adoro seu blog
    um beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s