3 curiosidades argentinas IV

1. Nomes e sobrenomes

Os nomes argentinos tem um formato básico: Nome, Segundo Nome e Sobrenome (normalmente o do pai).

Ao registrar um novo serzinho, o nome escolhido deve constar no Libro de Nombres del Registro Civil, onde estão todos os nomes aprovados pelo Registro Civil. Se não está aí, não registra! Simples assim! Por isso aqui não rola estrangeirismos doidos, invenções malucas ou nomes lunáticos…

Neste link aqui dá para conferir os nomes disponíveis, com seu gênero e talvez algum tipo de informação sobre sua origem.

Mas com isso também pecam pelo excesso de cuidado, como por exemplo o filho de um casal de amigos, que queria colocar Franccesco no filho (como em italiano) e não puderam porque no Livro de Nomes só está registrado Francesco (com apenas 1 C). Para conseguir registrar o filho com um nome que não esteja autorizado no Livro de Nomes, é preciso enviar um pedido com uma justificativa plausível a Dirección General del Registro Civil para que avaliem e tomem a decisão.

Outras curiosidades:
– Dois irmãos não podem ter o mesmo nome, salvo que o irmão mais velho tenha falecido.
– São permitidos nomes estrangeiros apenas se os pais tiverem o mesmo nome.
– Existem nomes Femininos, Masculinos ou “Ambos” (unissex). Caso seja escolhido um nome unissex, o segundo nome tem que necessariamente determinar o gênero masculino ou feminino.
– Se podem registrar até 3 nomes + sobrenome, mas eles não podem se repetir, por exemplo José Carlos José.
 

2. Aguinaldo

Por falar em nomes, Aguinaldo aqui não é um nome (até confirmei no Livro de Nomes do Registro Civil. hehe!)… é o termo usado para o salário anual complementar (SAC), que é mais ou menos como o nosso 13º. Buscando informações para não escrever besteira (tenho estudado e aprendido muito com o blog), encontrei que o aguinaldo consiste em um salário suplementar, que é pago em duas parcelas, metade em junho e a outra metade em dezembro.

Como funciona?
É o pagamento de 50% do maior salário recebido dentro do semestre (Lei 23.041 Art. 1), sendo proporcional ao número de dias trabalhados no período, e é calculado assim:
valor do maior salário / 2 = 50% (A)
(A) / número de dias do semestre = (B)
(B) x número de dias trabalhados = SAC bruto
E do SAC bruto ainda tem que descontar 11% de aposentadoria, 3% de plano de saúde e 3% da Lei 19.032. Além de outros descontos dependendo da categoria.

3. Múltipla escolha, qual marcar?

A coisa é meio confusa e funciona mais ou menos assim: se tem duas opções (sim ou não), eles marcam (riscam) a que está errada e deixam “visível” a opção correta. Mas quando são duas opções do tipo Feminino e Masculino, ele marcam (com um X ou V) a resposta correta. Ou ainda, em vez de riscar a errada, circulam a correta. Mas também depende se tem o quadradinho para marcar ao lado ou não… e pelo que andei perguntando por aí, não exite uma regra, e cada marca, circula ou risca como achar melhor…

Mas de onde eu tirei tudo isso, meodeos? Porque em um voo indo para o Brasil, quando ainda tínhamos que preencher o formulário para a alfândega, nas perguntas: “Você está trazendo frutas, animais, carne, plantas ou insetos?”, “Você está trazendo moeda acima de U$10.000?” etc…. o Carlos tinha colocado um X bem grande no SIM para TODAS as perguntas… Quase caí da poltrona! hehe! Aí é que veio a discussão, como marcar e como os funcionários sabem interpretar a lógica de cada passageiro que preenche o formulário???

Mas quando tem várias opções (a, b, c, d, e), ahhh daí marca sempre a correta!

Veja também:
3 curiosidades argentinas I
3 curiosidades argentinas II
3 curiosidades argentinas III – especial números
Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Um pouco de tudo e marcado , . Guardar link permanente.

8 respostas para 3 curiosidades argentinas IV

  1. itanedeborba disse:

    Foi o que aconteceu com o Carlos ao preencher o formulário da Lotofácil (estou olhando para o formulário agora). Mesmo invertendo o jogo, ele não ganhou mesmo.

  2. Adorei a curiosidade dos nomes! É bom por um lado, porque evita nomes bizarros… mas por outro, tem gente que sonhou a vida toda em colocar um nome na criança e quando chega a grande hora, não pode…rs

  3. Jair Cordeiro disse:

    que legal! três coisas que eu ainda nao sabia 🙂

  4. Pingback: 3 curiosidades argentinas V | buenosairesdalu

  5. Pingback: Curiosidades del castellano – sugestão da leitora! | buenosairesdalu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s