Festa de casamento na Argentina

Dias atrás fomos ao casamento de um amigo aqui em Buenos Aires. É o segundo casamento que vou aqui na Argentina e pude perceber algumas diferenças com os casamentos do Brasil, e achei legal comentar…

1. Jantar e baile:

Diferente do Brasil, onde normalmente os convidados são recebidos na festa, é servido um aperitivo, o jantar, a sobremesa e só depois vem a valsa e o baile começa, aqui na Argentina é tudo intercalado. Come-se a noite inteira e se dança a noite inteira também.

Vou exemplificar com o casamento que fomos… Foi um casamento para poucos convidados, mas com toda característica argentina. Depois da igreja fomos recebidos num salão de uma confeitaria com canapés e “sanduíches de miga” tradicionais, acompanhados de vinho, refri, suco e água em mesas altas no centro do salão. Em seguida nos sentamos nas respectivas mesas e fomos servidos de sanduíches de miga especiais (de azeitona AMO!, ovo etc) enquanto esperávamos os noivos voltarem da sessão de fotos em Porto Madero.

Quando os noivos entraram, dançaram a valsa. (ver curiosidade #2)

Em seguida, estacionaram um carrinho no meio do salão com um baita pernil de porco fumegante e prepararam aí mesmo sanduichinhos de pernil e foram distribuindo pelas mesas.

Depois que a comida deu uma acalmada na barriga, o DJ aumentou o som da música e baixou a luz do salão, sinal que a pista estava livre para quem quisesse dançar. Demos nossos passinhos… Passadas algumas músicas, o povo foi sentando, o som diminuindo e a luz aumentando. Aí serviram o prato principal, goulash com umas bolinhas de batata e pães para acompanhar. Bem gostoso!

De sobremesa sorvete com mousse de chocolate. E depois doces (diferentes dos nossos) e a hora do bolo! (ver curiosidade #3)

Aí teve mais baile, com direito a carnaval carioca. (ver curiosidade #4)

E depois de tudo, às 5 da manhã quando estávamos indo embora, começaram a servir mini pizzas com cerveja. Uau!

No mínimo, interessante! Não enche tanto a barriga de uma vez só e ainda dá para descansar entre as danças…

2. Valsa:

Aqui, além da valsa dos noivos e com os pais, os convidados também dançam com os noivos. Fazem um tipo de rodízio, um pouquinho cada um. As pessoas quase que fazem fila para dançar com os noivos… E aí é que o baile começa de verdade!

Eu acho divertido esse “rodízio”!

3. Solteiras:

Na Argentina o ritual para as solteiras incluí “a liga da noiva”, “tirar a fita com o anel” e o tradicional “buquê da noiva”, logo antes de cortar o bolo.

* A liga da noiva: a ideia de usar uma liga com o vestido de noiva é antiga e vem da superstição de usar “uma coisa nova, uma coisa velha, uma coisa emprestada e uma coisa azul” no dia do casório. Normalmente a coisa azul era uma liga por baixo do vestido, que antigamente representava a pureza da noiva e depois passou a ser a fidelidade dos noivos. Aqui a brincadeira é a noiva usar várias ligas, além da sua, e durante a festa o noivo tirar uma por uma e passar para a perna de cada solteira para trazer boa sorte.

Lá fui eu pra fila!

* Tirar a fita com o anel: Dentro de um pote ou um vaso enfeitado e colorido estão escondidas medalhinhas amarradas a fitinhas, exceto por uma que contém um anel. A noiva segura o pote e ao seu redor cada solteira segura uma fitinha e todas puxam ao mesmo tempo. E a ideia é a mesma do buquê, a que tira o anel é a próxima a se casar! Antigamente o anel era escondido no bolo…

Não fui eu quem tirou… mas foi a nossa amiga que estava na mesma mesa que a gente!

* Buquê da noiva: Esse ritual já é mais que conhecido…

O costume da noiva levar um buquê começou na Grécia, e eram feitos de ramos de ervas e alho para atrair bons fluidos e afastar o mau-olhado. Com o tempo os ramos de ervas foram substituídos por flores. E a tradição manda que ao final da cerimônia a noiva jogue o buquê, e quem pegar será a próxima a casar.

Também não tive sorte… o buquê voou pro outro lado!

4. Carnaval carioca:

Essa eu acho super engraçado… Sabe aquela parte da festa (que está na moda) que distribuem várias bugigangas (máscaras, óculos, objetos brilhantes, que piscam, anteninhas, cornetas, apitos, plumas, perucas, colares, etc etc etc), aqui é o que eles chamam de carnaval carioca. E não importa a idade… todo mundo se diverte!

Aqui a curiosidade não está nas bugigangas e sim em como eles chamam essa parte da festa!

E uma última curiosidade, em algumas cidades do interior é comum cobrar por parte do jantar para ajudar na festa. Junto com o convite já vem um cartãozinho avisando o valor por pessoa.

E que sejam felizes para sempre! 😉

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Um pouco de tudo e marcado , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Festa de casamento na Argentina

  1. itanedeborba disse:

    Muito interessante.
    E colocam samba no carnaval?

  2. Pode me adicionar no Face para trocar uma ideia sobre o casamento em Buenos Aires?

  3. Katiana Maia disse:

    Que legal!! Eu vou casar em Córdoba-AR em 2014, está complicado imaginar como é a cerimônia por lá e fazer as adaptações. Já me ajudou aqui!! Valeu!

  4. vania cuoco disse:

    Será q vc poderia me informar qual é essa confeitaria? Precisamos fazer uma festa de colação de doutorado em Buenos Aires e quando saimos agora em janeiro não conseguimos contato c salões para organizar a festa.
    São poucos doutorando mas as famílias vão nos prestigiar.
    Legal vc ter divido conosco!
    meu faceboock é vlcsampaio@oi.com.br obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s