Como é viver a Copa do Mundo na terra dos hermanos

Eu nunca gostei muito de futebol, não torço pra nenhum time, não curto o zoeira e violência das torcidas, não concordo com os salários e não entendo os marmanjos chorando no estádio, mas a Copa do Mundo é diferente! É outro clima, é outra história, é o encontro de diferentes culturas, é aquele sentimento que vem se arrastando dos últimos 4, 8, 12, 24 anos…

Brazuca

Eu estava revoltada com todo o exagero da Fifa, o superfaturamento das obras, etc, e de saco cheio dos argentinos que há meses me perguntavam se eu ia pro Brasil pra Copa, e tendo que explicar por que eu não ia e por que o povo estava revoltado nas ruas. Mas confesso que durante a Copa, fiquei com uma pontinha querendo estar lá no meio, sentir o clima, ver os estrangeiros, as diferentes nações, mas não deu, vivi a Copa do Mundo na terra dos hermanos.

Sendo brasileira, venho com 5 estrelas carimbadas na bunda e sou “obrigada” a gostar de futebol, e esse status brasileiro pesa bastante, ainda mais aqui. Sendo uma brasileira que vive na Argentina, também tenho que aguentar os vários comentários sobre o Maradona, que “Pelé debutó con un pibe“, etc etc etc. eu não me importo muito, acho um saco!!!!, é verdade, mas ignoro…

Durante a Copa eu sofri um pouco de bullying (ou será que fiquei sensível?), provocaçõezinhas bestas, comentários bobos e perguntas sem cabeça… “a Copa está comprada”, “o juiz está roubando”, “por que o torcedor brasileiro é bunda mole? não grita, não canta, não torce”, “os brasileiros mala onda estão vaiando a Argentina”, entre muitos outros… mas sobrevivi! \o/

A pergunta campeã é “Você está torcendo pra quem, Brasil ou Argentina?” Minha resposta é sempre a mesma, “nessa ordem!”. O coração tá dividido, mas sou brasileira em primeiro lugar! Escolhi um argentino para chamar de meu amor, moro na Argentina e meus futuros filhos terão dupla nacionalidade, como posso torcer contra a Argentina?

Eu vi a maioria dos jogos sozinha em casa, porque para ver no telão do parque fazia muito frio, no bar brasileiro ficava lotado e desconfortável e pra assistir num bar qualquer tinha que ficar escutando os comentários alheios, preferi ver tranquila no conforto e calefação do meu lar (e whatsapp bombando).

Mundial 2014

Eu estava torcendo pra uma final Brasil x Argentina, mas com uma pontinha de medo lá no fundo. Não achei que o Brasil fez jus às 5 estrelas que tem no peito e quando chegamos na semifinal, não acreditava que passaríamos da Alemanha… mas poxa, também não pensei que ia ser a humilhação que foi… eu não podia acreditar e meus amigos argentinos até ficaram com pena de me zoar, já que a Alemanha já tinha zoado o suficiente…

Hoje a Argentina chegou na final! O país explode de emoção! O Obelisco ficou tomado de argentinos festejando o que esperam por 24 anos! Vai ser difícil ver e aguentar as consequências caso a Argentina ganhe a Copa do Mundo na nossa casa, mas fazer o que, ela chegou lá, nós não!

A minha única dúvida agora é, e os brazucas? Vão torcer pro time que nos humilhou em casa com 7 incríveis gols, ou vão dar o braço a torcer e ficar do lado dos hermanos, e que a taça fique na América do Sul?

beso beso

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil, Curiosidades e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Como é viver a Copa do Mundo na terra dos hermanos

  1. Vanessa disse:

    Sabe que vou torcer para um jogo massa! Como foi ontem! Tanto fazia Argentina ou Holanda passar, pois qualquer seleção passaria bem! Sei que se for Argentina, tvz nunca faremos isso: ganhar copa na Argentina… Vai ser piada eterna! Mas fazer o quê? O legal do futebol tb é ter essas coisas para fazer piada!

  2. Carlos Fernando Jorge disse:

    Está é a minha sobrinha Luana. Sensível, inteligente, ponderada. Que belo texto minha querida, só um coração nobre como o teu é capaz de expressar com tanta firmeza e probidade sentimentos íntimos e profundos. Meu grande abraço e eterna admiração. Carlos

  3. itanedeborba disse:

    No domingo, vou torcer para a Argentina.
    Afinal, ela te (nos) acolheu tão bem que não seria justo fazer diferente.
    Futebol à parte, essa rivalidade não existe.

  4. Me gustó mucho tu nota Lu. Muy bueno lo del final. Arriba Latinoamérica!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s