Devaneios de uma sexta-feira à noite…

MaitenaEsta semana eu precisei de um cabeleireiro e me dei conta de como, depois de mais de 3 anos morando aqui, eu ainda não consegui me relaxar com algumas coisas tão básicas da vida, como por exemplo ter cabeleireiro, manicure, depiladora, médicos e dentista… Sempre incluo estes tipos de atividades no itinerário das minhas visitas ao Brasil… 😛 Deixo todo mundo louco, porque nunca tenho tempo pra retorno, nem pra levar exame, tenho que agendar tudo antes de ir e as viagens a Curitiba terminam sempre numa correria.

Por um lado por um bloqueio psicológico meu… na minha cabecinha, ter tudo isso aqui em BsAs significa criar raízes mais profundas na Argentina e isso me assusta, pois não é meu sonho ficar aqui pra sempre (eu sei que é exagero da minha parte, mas é como funciona o cérebro humano).

Em segundo lugar, eu moooorro de preguiça de ter que procurar um profissional, e se eu não gostar, procurar outro, etc. Ou ainda me acostumar com o estilo, as burocracias médicas, etc…

Eu tava tão acostumada com meus médicos e dentistas de confiança, minha manicure, minha depiladora, minha cabeleireira… Pessoas que já me conheciam, sabiam meu estilo, do que eu gosto. Termos médicos, exames e trâmites que eu já sabia como funcionavam e onde tinha que ir…

A única coisa que eu meio que consegui aqui foi uma depiladora que eu gostei, mas isso depois de passar por outras duas e ter um pedaço da minha virilha mutilado (trauma superado, sqn)

Médicos eu só fui quando era muito necessário, tipo tava morrendo de dor de sinusite, ou porque precisei de um atestado médico pra fazer pilates, e quando eu caí da escada e torci o pé. Agora que eu voltei a ter plano de saúde aqui, resolvi deixar os medos de lado e aproveitar, já marquei várias consultas para fazer um check-up.

Mas voltando ao assunto que gerou todos esses devaneios… essa semana eu precisei de um cabeleireiro, fui num que me indicou uma amiga…. e adivinha… não gostei! que preguiçaaa! hahaha! Viu, é melhor cortar no Brasil mesmo. Mas apesar de não ter gostado, eu vou me acostumar, o cabelo vai crescer e o corte foi por uma boa causa. Eu e o Carlos vamos doar nossos cabelos para a ONG “Pelucas de Esperanza” que faz perucas para pacientes oncológicos, em Gualeguaychú, Entre Ríos.

Bom, era isso que eu tinha pra contar hoje… prometo que o próximo post vai ser mais divertido e menos “confissões de adolescente”… beijo beijo 😉

Anúncios
Esse post foi publicado em Um pouco de tudo e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Devaneios de uma sexta-feira à noite…

  1. itanedeborba disse:

    Sou testemunha das tuas correrias para ir a todos os horários previamente agendados.
    Aí também não é diferente, você vai encontrar as pessoas de tua confiança. Fique fria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s